Shoko Nakagawa perde milhares seguidores ao anunciar  seu casamento

Cantora, atriz e modelo, Shoko Nakagawa conseguiu mudar o estereótipo de fãs de animê e mangá ao mostrar sua paixão pelas obras japonesas. Cantando músicas de animê e acabou também conhecida mundialmente por sua fascinação por gatos. Entrando numa nova polêmica, a cantora reclamou da perda de seus seguidores, após o anúncio do seu casamento.

A cantora comentou: “O número de inscritos  diminuiu de 971.000 para 965.000!!!!!” e em outro tweet complementou: “Continuarei a fazer o meu melhor para atingir 1 milhão de inscritos, porque nada mudará quem eu sou”.

A história poderia acabar por aí, mas alguns fãs responderam o tweet da cantora, comentando que por ela estar casada, eles não precisavam apoiar ela. Já outros comentaram que por ela estar casada, perderam a oportunidade de se casar com a cantora. Tais manifestações, fazem parte da relação entre fãs e artistas no Japão, em que o público tem um apoio condicional.

Um amor que nasceu do luto

Mesmo não revelando a identidade do seu marido, Shoko Nakagawa comentou em vídeo que o conheceu e permitiu se relacionar com ele, quando se sensibilizou pela morte de seu gato Mamitasu. Tal simpatia e sensibilidade por sua perda, fez ela acreditar que poderia haver outras formas de amar, o que acabou evoluindo para o seu casamento.

Sobre a Shoko Nakagawa

A cantora nasceu em 1985 e se tornou cantora em 2006. No ano seguinte, ela ficou na terceira posição de singles semanal da Oricon com a música do animê ‘Tengen Toppa Gurren Lagann’;

Ela também se tornou a embaixatriz da boa vontade no World Cosplay Summit de 2007, pela sua ligação com animê e mangá. Sendo que no mesmo período, ela lançou álbuns com cover de músicas de animês famosos.

Apelidada de Shokotan, a cantora também participou do Kouhaku Utagassen.

Em 2014, Shoko Nakagawa lançou o livro ‘Neko no Ashiato” baseado no seu gato Mamitasu, além de seu pai e de seu avô. No ano seguinte, o livro foi adaptado em animê pela NHK, sendo que a cantora nunca pensou que sua vida particular se transformaria num livro. Além disso, foi uma forma de homenagear seu pai e seu avô que são falecidos, porém foram eternizados em seu livro.

Via Yahoo! Japan

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img