Remake de ‘Rurouni Kenshin’ será exibido no Brasil

Conhecido no Brasil por ‘Samurai X’, a obra ‘Rurouni Kenshin’ está de volta em uma nova versão em animê no dia 06 de junho. Trazendo a história no samurai Kenshin Himura nos primeiros anos da era Meiji, a obra criada por Nobuhiko Watsuki está sendo produzido nesta nova versão pela LIDEN FILMS, sendo uma das grandes estreias da temporada de verão no Japão.

A série será lançada no Brasil exclusivamente pela Crunchyroll que também divulgou que a produção terá dublagem em português. Semelhante a outros títulos da empresa, a dublagem será lançada semanas posteriores ao lançamento que será inicialmente apenas com legendas em português brasileiro.

Sobre Rurouni Kenshin

Kenshin Himura é um espadachim habilidoso que se tornou um andarilho conhecido como “Battousai, o Retalhador” durante a Revolução Bakumatsu.

Após o fim da guerra, Kenshin decide abandonar sua vida como assassino e promete nunca mais matar. Ele carrega consigo uma espada invertida, uma lâmina com a lâmina voltada para dentro, simbolizando seu voto de não tirar mais vidas. Kenshin se torna um vagabundo que viaja pelo Japão, ajudando as pessoas e protegendo os indefesos.

Encontrando diversos personagens que ressignificam a sua vida, incluindo a Kaoru Kamiya, uma jovem instrutora de kendo e proprietária do dojo Kamiya Kashin que acaba tornando a casa do protagonista. Entre outros personagem tem o Yahiko Myojin, Sanosuke Sagara e Megumi Takani.

Abordando temas como redenção, justiça e a busca pela paz em um Japão pós-guerra. Rurouni Kenshin é conhecida por suas cenas de ação intensas, com lutas de espadas habilmente coreografadas. Além disso, o desenvolvimento dos personagens é um dos pontos fortes da história, com cada um enfrentando seus próprios desafios e traumas do passado.

O mangá foi publicado originalmente entre 1994 a 1999 na antologia Shonen Jump, sendo adaptado em animê entre 1996 e 1998. Trazendo um final diferente do mangá, a obra foi renomeada pelos americanos como ‘Samurai X’ e está versão foi exibida no Brasil pela Rede Globo, Cartoon Network e Animax. O sucesso ainda trouxe o mangá pela Editora JBC, sendo publicado e republicado no país, além da vinda dos cinco filmes em live-action, que foram lançados no Japão a partir de 2012 com Takeru Sato interpretando o Kenshin Himura.

Mesmo sendo uma obra apreciada por muitos fãs, o autor Nobuhiro Watsuki foi envolvido em um escândalo em 2017 ao estar relacionado à posse de material pornográfico infantil. Na ocasião o autor foi preso, pagando uma multa de 200 mil ienes e se encerrando o caso, porém isso trouxe repercussões negativas para a franquia.

Atualmente, a obra ganhou uma continuação que está sendo publicado na antologia Jump SQ, chamada de Rurouni Kenshin: Hokkaido Arc. A continuação permanece inédita no Brasil.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img