Pendurando as chuteiras: Captain Tsubasa encerrará série após mais de 40 anos

O renomado mangá de futebol “Captain Tsubasa” está prestes a encerrar sua longeva serialização com o lançamento da aguardada “Captain Tsubasa Magazine Vol. 20” no início de abril. Após mais de quatro décadas desde sua primeira publicação, a editora Shueisha Inc. oficializou a conclusão da obra que cativou gerações de leitores.

A decisão de encerrar a serialização é atribuída às dificuldades enfrentadas pelo criador do mangá, Yoichi Takahashi, de 63 anos. Takahashi, devido ao declínio de sua capacidade física e às transformações no panorama artístico, notadamente a transição para a tecnologia digital, encontra-se impossibilitado de continuar desenhando a obra.

Embora “Capitão Tsubasa” encerre-se como mangá, Takahashi assegurou, por meio de uma mensagem, sua intenção de prosseguir na elaboração de histórias para os personagens, adotando a forma de esboços ou de uma espécie de storyboard. Ainda resta indefinido o formato e a plataforma que acolherão essas novas narrativas.

A trajetória de “Capitan Tsubasa” teve início em 1981, na conceituada revista de mangá Weekly Shonen Jump. O mangá, que delineia o crescimento do prodígio do futebol Tsubasa Ozora e seus rivais, alcançou uma notável marca de mais de 90 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Além disso, deu origem a várias séries spin-off, como “World Youth” e “Road to 2002”. O encerramento da serialização marca o fim de uma era para os entusiastas deste icônico mangá esportivo.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img