Organizadores comemoram sucesso do 38º Festival Kodomo no Sono

Kodomo no Sono desenvolve trabalho de amparo às pessoas com necessidades especiais

O ótimo tempo colaborou muito para o sucesso do 38º Festival Kodomo no Sono, realizado no último final de semana (22 e 23), na sede da Associação Pró – Excepcionais Kodomo no Sono, em Itaquera, zona Leste de São Paulo.

Nos seus discursos, o presidente da Kodomo no Sono, Sérgio Oda, e a presidente da comissão organizadora do festival, Liene Araki, destacaram e agradeceram a presença do público, das autoridades, voluntariados, colaboradores e patrocinadores, que prestigiaram este evento beneficente.

Ainda estiveram presentes na cerimônia oficial, o cônsul Takahiro Yamauchi, os vereadores paulistanos George Hato, Gilson Barreto e Sandra Tadeu, os representantes dos vereadores Aurelio Nomura e Rodrigo Goulart, além de outros dirigentes e representantes de entidades da comunidade nipo-brasileira. O cônsul geral do Japão, Ryosuke Kuwana também visitou o evento.

Nessa 38ª edição, o Festival Kodomo no Sono, como todos os anos, contou com a colaboração de centenas de voluntários entre familiares dos assistidos, e equipes de pessoas como a do Sacolão Saúde, JCI Brasil-Japão, Tomotian, Travessia, Coopercotia, Seinen Bunkyo, Hippo, Abraço, Sakura e Ipê, Harmonia Solidária, Itaquera Nikkei Clube, e muitos outros, que se encarregaram de preparar e servir iguarias da culinária brasileira e japonesa como pastéis, churrasquinho, okonomiyaki, anmitsu, sushi, yakitori e tempurás.

Atrações – Nos dois dias de realização, o palco do Festival Kodomo recebeu muitas atrações como taiko, danças, cantores e bandas como Edson Saito, Joe Hirata, Debora Iha, Ricardo Nakase, Sergio Tanigawa, Bruna Higs, Pamela Yuri e o maestro Rogerio Martins, cover do cantor Elton John. O conhecido cover do astro inglês, será a grande atração do Show Anual da Kodomo, em 25 de novembro próximo, no auditório do Bunkyo.

“Quem esteve no nosso festival, pôde desfrutar de agradável fim de semana ao ar livre, com muito sol. Ao adquirir qualquer alimento ou produto, essas pessoas colaboraram com as obras da nossa entidade, que cuida e desenvolve um trabalho de amparo às pessoas com necessidades especiais”, concluiu o presidente Sérgio Oda.

(Osmar Maeda, especial para o Nippon Já)

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img