No Rio, esquadra japonesa fortalece laços de cooperação entre os países


Comunidade nikkei do Rio de Janeiro recepciona tripulantes da esquadra japonesa

A Esquadra de Treinamento da Força Marítima de Autodefesa do Japão – Jieitai – partiu da Base Naval do Rio de Janeiro, Ilha do Mocanguê, Niterói, no último dia 17 em direção ao porto de Recife (PE). Composta pelos navios-escola Kashima e Hatakaze, a esquadra chegou no dia 13 em comemoração aos 115 anos de Imigração Japonesa no Brasil.

Na cerimônia de boas-vindas, que teve como mestre de cerimônia o cônsul geral adjunto Yoshitaka Kinoshita, os visitantes foram saudados pelo cônsul geral do Japão Ken Hashiba. O contra-almirante Yasushige Konno, comandante da esquadra, agradeceu e recebeu buquê de flores.  Nesse mesmo dia, foi serviço almoço na Rio Nikkei pela Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira do Estado do RJ – Renmei, Associação Nikkei do Rio de Janeiro, Instituto Cultural Brasil-Japão – ICBJ e Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Rio de Janeiro junto ao Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro. 

A cerimônia contou com a participação do Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela 100 Anos, que contagiou os oficiais japoneses.

No dia 14, a bordo do navio-escola Kashima, o embaixador do Japão no Brasil, Teiji Hayashi, e o comandante Yasushige Konno receberam seus convidados.

Durante a estadia, entre outras atividades, aconteceram apresentações musicais e de artes marciais. No dia 15, na Escola Municipal Cícero Penna, em Copacabana, a diretora Isabel Murakami recebeu doação de brinquedos pelo representante da esquadra. No dia 16, houve intercâmbio cultural para jovens no Complexo Esportivo da Rocinha, organizado pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora.

Intercâmbio cultural na EM Cícero Penna

Texto de Teruko Okagawa Monteiro

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img