Logomarca e selo oficial dos 115 anos de imigração japonesa são apresentados


Bandeiras de Brasil e Japão unidos com o símbolo do infinito simbolizam elo entre países

Elementos gráficos remetem às bandeiras de Brasil e Japão, além do símbolo do infinito

Em ano de celebração dos 115 anos de imigração japonesa no Brasil, o Bunkyo apresentou oficialmente um selo comemorativo e logomarca alusivos à data. A nova identidade será aplicada nas comunicações de ações e projetos culturais durante todo o ano de 2023, visando justamente relembrar o legado dos primeiros japoneses a desembarcarem no Brasil, em 1908.

No Bunkyo, os elementos gráficos estarão presentes nos eventos que compõem o calendário da entidade, bem como apresentados a todas as comissões visando um alinhamento no padrão de divulgação. A ideia é fixar a data através do selo e da logo.

“Não teremos um grande evento especificamente para os 115 anos de imigração, mas todos (eventos) serão contemplados com a aplicação da logomarca e do selo comemorativo. Trata-se de uma forma de homenagear e lembrar da história da imigração japonesa”, explica o presidente do Bunkyo, Renato Ishikawa.

A concepção do material ficou a cargo da agência NK2 Brands, já familiarizada com a criação de marcas de empresas e projetos ligados à comunidade. O designer responsável pelas artes, Gilmar Nashiro, unificou a simbologia da data com suas próprias percepções sobre cultura e valores japoneses para, em cerca de três semanas, apresentar o conceito pronto.

“Foi um trabalho interessante, pois como já tenho alguns trabalhos ligados à comunidade nipo-brasileira e referências, logo tive a ideia. Depois, fizemos um trabalho de apresentação visual, um processo mais demorado. Foram duas versões e a escolhida representa bem o elo entre os dois países”, explica Nashiro, responsável pelo branding do Festival do Japão, Gaimusho, dentre outros eventos. 

Em formato circular, a logo traz como inspiração as bandeiras de ambos os países – o elemento mais lógico e eficaz para representar uma nação. Traz ainda o símbolo do infinito, pois um fator conhecido por todos é a amizade entre Brasil e Japão. “Mas queríamos revelar algo mais inspirador, que fervilha e que esteja em constante movimento, resultante dessa relação. O símbolo de infinito sugere infinitas possibilidades, infinita energia, eternidade, continuidade e renovação. A relação entre Brasil e Japão é eterna e sem limites”.

“Criei pensando nas questões práticas que vi durante os anos trabalhando em projetos relacionados à cultura japonesa. E vejo que a cultura em si evolui constantemente, por isso essa concepção de eternizar algo, em especial os valores. Preservar valores – no caso dos japoneses – entendo como muito importante no contexto da cultura em geral”, acrescenta Nashiro. 

Dentre as diversas aplicações, a logomarca pode estar presente não apenas em materiais gráficos ou digitais – caso de cartazes e flyers – mas também em produtos diversos que o Bunkyo queira produzir. “Na esfera de infinitas possibilidades”, como diz a própria apresentação da NK2 Brands.

Exemplo de possíveis produtos com logomarca aplicada

(Rodrigo Meikaru)

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img