Japan Festival recebe cerca de 18 mil visitantes em três dias de evento

Com a presença do prefeito, secretários, vereadores e lideranças nikkeis da região, cerimônia de abertura contou com o tradicional ritual do kagami biraki

Apesar das fortes chuvas que atingiram o interior de São Paulo no último final de semana (7 e 8), causando muitos estragos, o Japan Festival Indaiatuba 2023 confirmou sucesso de público e tendência de crescimento em seu novo formato. Resultado da fusão da Festa do Chopp com a Festa do Sushi, ambas realizadas também pela Acenbi – Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba – o Japan Festival Indaiatuba foi idealizado com o intuito de divulgar a cultura japonesa e transmitir as tradições e os conhecimentos culturais para as novas gerações. 

Realizado pelo sexto ano em seu novo formato, a edição deste ano recebeu um público estimado em cerca de 18 mil pessoas, superando a presença de visitantes do ano passado, quando o Espaço Viber recebeu aproximadamente 15 mil visitantes nos três dias de evento.

Solidariedade – Wilson Haruo Uyeno, presidente da Acenbi, comemorou o sucesso da festa. “No início, achávamos que não seria igual ao ano passado, quando já recebemos um público excelente. Mas felizmente correu tudo bem e, apesar da chuva, conseguimos superar a marca de 2022”, disse Haruo, lembrando o caráter solidário da festa, que arrecadou 1025 litros de leite e 1672 quilos de alimentos, que foram entregues ao Funssol (Fundo Social de Solidariedade de Indaiatuba).

Cosplay – Durante três dias, moradores de Indaiatuba e cidades vizinhas puderam vivenciar a cultura japonesa através de apresentação de artistas consagrados como Isa Toyota e Takeshi Nishimura e Fábia e Norton Miasake, além do Grupo Todos Nós, de Piracicaba. Destaque ainda para o odori, com o Grupo Kadan, números de mágica com o The Oriental Magic Show e Sayuki Satake, de Apucarana, e as apresentações de taikô com os grupos Ryuu Taiko, da Acenbi, Ryukyu Koku Matsuri Daiko, de Campinas, e o Yashika Daiko, da Secretaria de Cultura de Indaiatuba.

No sábado, os fãs da cultura pop vibraram com a performance de 41 candidatos que participaram do Concurso Cosplay. No final, a vencedora foi Yossody, com a personagem Yamato, de One Piece. A segunda colocação ficou com Milton Cássio, com Jeepers Creepers, de Olhos Famintos. E o prêmio de terceiro colocado foi para Yuri Rollo, com Shen Mestre Samurai, de League of Legends. Além do troféu, a primeira colocada recebeu também um prêmio de R$ 200,00.

Durante os três dias, o público também teve oportunidade de participar de oficinas e conferir diversas exposições, como ikebana (a arte do arranjo floral) e bonsai (árvore em miniaturas), além de apreciar pratos da culinária japonesa.

Este ano, o Japan Festival Indaiatuba comemorou os 115 Anos da Imigração Japonesa no Brasil e o 76º aniversário de fundação da Acenbi.

Abertura – Estiveram presentes na cerimônia de abertura, realizada  no sábado, o prefeito de Indaiatuba, Nilson Alcides Gaspar; a primeira dama do município e secretária municipal de Cultura, Tânia Castanho; a vereadora Silene Carvalini (na ocasião representando o presidente da Câmara Municipal, Jorge Luis Lepinsk); o ex-vereador Massao Kanesaki e representantes de diversas associações nikkeis decidades vizinhas, entre eles, Claudo Teresaki, presidente da Associação Nipo-Brasileira de Salto (Anibras) e da Federação das Entidades Nikkeis da Região Centro-Oeste do Estado de São Paulo (na oportunidade representando o presidente do Bunkyo, Renato Ishikawa); Tadayoshi Hanada, presidente do Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas; Pedro Inamura, presidente da ssociação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Jundiaí e Mitio Kobayashi, representando a Associação Cultural, Esportiva e Nikkey de Vinhedo (Acenvi), além de vereadores, secretários e patrocinadores.

Em seu discurso, Wilson Haruo Uyeno lembrou que a Acenbi foi fundada há 76 anos com o intuito de preservar e difundir a cultura japonesa. Ele agradeceu também todos os departamentos que compõem a associação. Já Claudio Teresaka destacou a presença dos voluntários e exaltou a integração entre os povos, “confirmando a importância da festa”.

Cerimônia de abertura da sexta edição do Japan Festival Indaiatuba 2023 com a presença de autoridades e lideranças nikkeis

Calendário oficial – A vereadora Silene deu uma grande notícia não só para os organizadores e diretores da Acenbi como também para os admiradores da cultura japonesa. Ela assegurou que pretende elaborar um projeto de lei inserindo o Japan Indaiatuba Festival no Calendário de Eventos do Município. “Nós precisamos valorizar todas as culturas”, justificou a vereadora.

Parcerias – O prefeito Nilson Alcides Gaspar destacou os projetos do Executivo com a Acenbi. “Temos escolas que são administradas de forma conjunta. Nós temos o Projeto Base em que as crianças aprendem o beisebol e aqueles que fazem parte do projeto  até melhoraram suas notas nas escolas. E temos a oficina de taiko, uma parceria da Secretaria Municipal de Cultura com a Acenbi”, disse o prefeito, afirmando que, “estamos felizes de ter uma comunidade presente, participativa e que faz a diferença aqui na nossa cidade”.

Ao jornal Nippon Já Gaspar explicou a parceria da Prefeitura com a Acenbi. “Temos uma relação de amizade com a comunidade japonesa de Indaiatuba muito próxima e queremos intensificar essa relação cada vez mais”, disse Gaspar.

Valores – Para a secretária de Cultura, Tânia Castanho, o Japan Festival Indaiatuba é importante na medida em que traz para a população um pouco da história e da participação da comunidade japonesa para o desenvolvimento do nosso município”. 

“É uma festa que, além de cultura e gastronomia, agrega valores e mostra o quanto os japoneses contribuíram e contribuem para a própria cultura, a indústria e a agricultura. E a gente sempre fala que uma sociedade justa é aquela que preserva os seus valores, preserva a sua memória e preserva o presente e almeja o futuro, com tudo isso sempre muito bem divulgado”, disse a secretária.

Expo Matsuri 2023 – Presidente do Nipo de Campinas, Tadayoshi Hanada disse que prestigia o Japan Festival Indaiatuba desde a sua primeira edição neste novo formato. “Venho porque a gente aprende muito aqui. Vejo aí a divisão dos estandes, dos bazaristas… Sempre estamos tirando proveito de coisas boas, das apresentações, da montagem do palco, tudo isso pra mim é importante”, conta Hanada, acrescentando que, “neste mesmo formato de festa”, Campinas estará recebendo, nos dias 3, 4 e 5 de novembro, no Expo D. Pedro, a primeira edição do Expo Matsuri 2023. 

“Promete ser um evento grandioso e o Nipo de Campinas vai apoiar e participar na parte da gastronomia, na praça de alimentação. Espero que todos os moradores de Campinas e região prestigiem este que deve ser um dos últimos grandes matsuris do ano”, destacou Hanada.

(Aldo Shiguti)

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img