Governo japonês destina recursos para aprimoramento de atendimento a pessoas com deficiência na APAE de Cascavel

Cooperação do governo japonês ajudará APAE de Cascavel na aquisição de equipamentos – Divulgação

Em um marco histórico para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do Paraná, a entidade do município de Cascavel foi agraciada pela primeira vez com uma significativa doação do Japão. O montante, destinado a viabilizar projetos de aprimoramento das condições de vida para pessoas com deficiência intelectual e múltipla, promete impulsionar a missão da instituição em oferecer um atendimento cada vez mais qualificado.

A cerimônia de formalização do repasse ocorreu na última segunda-feira (18), em Curitiba, e contou com a presença de importantes representantes da Apae de Cascavel, incluindo o presidente João Maschio, a diretora pedagógica Wagna Sutana, a secretária-executiva Jozeane Martinha de Lima Dufail, o gerente administrativo da Federação das Apaes do Estado do Paraná (Feapaes), Thiago Alberto Aparecido, além dos responsáveis pela comunicação da Apae e da Feapaes, Vandré Dubiela e Flávio Castro, respectivamente.

A doação, no valor de R$ 180 mil, será destinada à aquisição de equipamentos essenciais para o setor de fisioterapia da Apae de Cascavel. Duas esteiras e dois simuladores de escadas estão entre os itens que contribuirão significativamente para o aprimoramento dos tratamentos oferecidos aos assistidos pela instituição.

A comitiva de Cascavel foi recepcionada pelo cônsul geral adjunto do Japão em Curitiba, Oiwa Rei, e pela assessora do setor de projetos comunitários do Consulado do Japão em Curitiba, Komiko Abe. A presença dessas autoridades evidencia o compromisso e a importância dessa parceria internacional no fortalecimento das iniciativas sociais voltadas para a inclusão e qualidade de vida das pessoas com deficiência.

A Apae de Cascavel expressou gratidão ao Japão por essa colaboração significativa, que não apenas representa um apoio financeiro, mas também reforça os laços solidários entre nações na promoção de um futuro mais inclusivo e acessível para todos.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img