Evento celebra 50 anos da Jyureikan Japão Honbu Dojo e 30 anos de Flavio Dojo

Celebrações contaram com a presença de membros de várias filiais, além de convidados de outros países, incluindo o Japão – Regina Yamada Instagram @iyassassa

Em uma noite repleta de comemorações, as festividades que celebram os 50 anos da Jyureikan Japão Honbu Dojo e os 30 anos Associação Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do Kobudo Jyureikan Brasil – Flavio Dojo foram dignas de emoção. O evento, realizado no último dia 10 na Associação Okinawa Kenjin do Brasil, contou com a presença de membros de várias filiais do Brasil, juntamente com participantes das comitivas que vieram do Japão, Argentina e Uruguai, incluindo, em especial, o presidente da Jyureikan Japão, Mitsuo Ishibashi. 

Anfitrião do evento, o professor e presidente da Jyureikan Brasil, Flavio Vicente de Souza, lembrou que as comemorações seriam em abril de 2022. Porém, infelizmente não foi realizado nenhum tipo de evento por conta da pandemia que ainda assolava o Japão. “Pensei com alguns discípulos do Jyureikan Brasil: por que não comemorar junto com o aniversário de fundação do Flavio Dojo que completou 30 anos no dia 06 de junho de 2023? Não poderia deixar essa data de 50 anos do Jyureikan Honbu Dojo passar em branco e agradecer todo o esforço e trabalho contínuo do Mestre Ishibashi por ensinar e divulgar o Karate e Kobudo de Okinawa”, relembrou o sensei.

Comprometimento – Ele também contou sobre a ligação com os professores japoneses e o caminho de oportunidades que a modalidade abriu em sua vida. “Conheci o Sensei Ishibashi em 1997, em Okinawa. Com idas e vindas entre Brasil e Japão, fiz muitos amigos. O Karatê abriu um leque de amigos em todas as partes do mundo, tive a sorte de ter um grande mestre aqui no Brasil, me refiro ao Mestre Yoshihide Shinzato in memorian (1927-2008), no qual abriu as portas no mundo do Karate e do Kobudo. Desde da fundação do Flavio Dojo até virar Jyureikan, tivemos e temos excelentes discípulos que fazem a Jyureikan ser o que é, uma escola comprometida em divulgar e ensinar o Karatê e Kobudô na sua originalidade, mantendo a tradição de Okinawa e também adaptando para os dias de hoje sem perder a sua tradição” destacou Flavio. 

Gratidão – Presidente da Comissão Organizadora, Nobuo Morita expressou sua profunda gratidão a todos os apoiadores, amigos e patrocinadores que desempenharam um papel crucial na realização da festividade. “Parabenizo o mestre Ishibashi pelo ensinamento e divulgação da arte, fortalecendo os laços de amizade, não só entre as colônias nipônicas, mas também entre os quatro cantos do mundo. E, também, o sensei Flavio pela sua dedicação e perseverança na educação, pela disciplina e formação do caráter dos senseis e alunos”, disse.

Jovens – Presente na cerimônia, o presidente da AOKB/CCOB, Ritsutada Takara, enalteceu os trabalhos tanto de Ishibashi quanto de Souza. Para ele, os trabalhos do karatê e kobudô podem ser vistos na presença de jovens nos eventos. “A nossa gratidão em especial ao Sr. Mitsuo Ishibashi Sensei, fundador do Jyureikan Honbu Dojo no qual ensina e divulga o Okinawa Karate e Kobudo. E, também, gostaria de parabenizar ao Flavio Vicente sensei, que, ao longo dos 30 anos de fundação do seu Dojo no qual conduziu com maestria, ensina e forma a nova geração de senseis, tem realizado um trabalho muito importante por preservar e difundir a arte marcial tradicional e cultura okinawana”, explicou.

Momento do Kanpai evento teve como palco a sede da Associação Okinawa Kenjin do Brasil, na Liberdade

9º Dan – Convidado ilustre e reverenciado pelos presentes Mitsuo Ishibashi, cujo extenso currículo impressiona (9º Dan da Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do, 8º Dan da Federação de Antigas Artes Marciais de Okinawa e instrutor chefe do Hombu Dojo da Jureikan) ressaltou a felicidade de reencontrar praticantes do outro lado do mundo. Para ele, “é um prazer estar aqui hoje”. 

“Devido à situação da pandemia, não tive muitas oportunidades de vir, então é ótimo reencontrar todos vocês depois de tanto tempo e sentir a alegria de praticar karatê e as antigas artes marciais novamente. Fico muito feliz que o sensei Flavio tenha estado ensinando com dedicação o karatê e as antigas artes marciais aqui no Brasil. Em agosto de 2018, ele trouxe muitos de seus alunos para o campeonato mundial e todos tiveram a oportunidade de aprender com um professor incrível, o que é realmente maravilhoso. Gostaria de expressar minha profunda gratidão a muitas pessoas, incluindo o Sensei Flavio e a Namie Kanashiro, que colaboraram muito para que eu pudesse vir ao Brasil”, disse o mestre.

Homenagens – A noite de gala também serviu como um palco para a entrega de homenagens a colaboradores e apoiadores de destaque da escola. Além dos Diplomas de Gratidão (kanshajo), foram concedidas medalhas comemorativas do evento. Os homenageados não apenas desempenham um papel vital nas atividades da escola, mas também promovem a prática esportiva e difundem a rica cultura de Okinawa. Outros destaques da noite incluíram membros da Jyureikan e professores que têm liderado com dedicação as atividades ao longo da história da escola.

Apresentação dos recém-graduados, Matías sensei de Argentina e Mestre Ishibashi, com o sensei Flávio Vicente – Regina Yamada Instagram @iyassassa

(com Lika Shiroma)

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img