Entrevista exclusiva: banda Radwimps fala sobre animê Suzume, comida e ansiedade para show no Brasil 

Foto artístico de RADWIMPS

De malas prontas para uma jornada do outro lado do mundo, a banda japonesa Radwimps mostra-se ansiosa para a turnê latino-americana – em especial com o show no Brasil. O quarteto se apresenta no próximo dia 21 em São Paulo, em uma apresentação que promete surpresas e emoção. “Acho que a energia do público será tremenda”, acredita o vocalista e guitarrista Yojiro Noda.

Depois de dar sold-out em todos os seus shows na América do Norte, Europa, Austrália e Ásia, o Radwimps quer conquistar os latinos, na perna final da “World Tour 2024 – The way you yawn, and the outcry of Peace”. Esforço e dedicação por parte dos músicas não faltarão, segundo Noda: “Vamos para o Brasil e dar tudo de nós”, diz ele.

Aos fãs, resta aguardar para um encontro que promete ser histórico. O show terá um setlist promete passear por toda a carreira do grupo. Estarão lá os hits que levaram a banda às primeiras paradas da Oricon (ranking japonês) e Billboard do Japão; além de, claro, das canções eternizadas nos filmes de animês de Makoto Shinkai – “Your Name” e “Suzume”.

A turnê na América Latina começará na Cidade do México, no Pepsi Center WTC, em 15 de março, seguida de apresentações em Monterrey e São Paulo, no Brasil, em 21 de março, antes de seguir para Santiago, no Chile. A apresentação em São Paulo será no espaço de eventos Terra SP. Os ingressos estão disponíveis no site https://pixelticket.com.br/eventos/18757/.

Confira a seguir a entrevista exclusiva, na qual os músicos falam sobre as impressões que têm do Brasil, a expectativa para o show e o contato com os fãs:

(Reportagem: André Nakandakari)

RADWIMPS se apresentando no México (photo credit Takeshi Yao)

Qual é a impressão sobre o Brasil?

Yojiro Noda (vocal, guitarra, piano): É uma sensação de conhecer algo inédito. Já faz cerca de 10 anos nos chamam para vir ao Brasil e sinto que nosso desejo finalmente se tornou realidade, por isso estamos muito ansiosos. Além da turnê, tenho a imagem de que a comida brasileira é deliciosa. Quero conhecer novos temperos e outros pratos que não conheço. Estou muito animado.

Akira Kuwabara (violão e coro): O Brasil é famoso pelo café também?

Há algo em que vocês estejam trabalhando especialmente para a apresentação do Brasil?

Takeda: No momento, estamos ensaiando e pensando no melhor setlist.

Noda: O local é bem grande e acho que a energia do público será tremenda, então queremos levar um set e uma apresentação que não perca da energia de todos.

Show realizado em México ano passado. Será primeira vez que virão ao Brasil (photo credit Takeshi Yao)

O que acham sobre a paixão dos brasileiros pelas músicas como a do “A Porta Fechada de Suzume (Suzume no Tojimari)”?

Todos: É fantástico! Estamos muito felizes.

Yusuke Takeda (baixo e coro): Estou muito feliz que as pessoas gostem tanto da nossa música em um lugar que estamos indo pela primeira vez. Acho que muitas pessoas nos conhecem pelo anime de Makoto Shinkai. Como cidadão japonês, fico feliz que nosso anime e nossa música sejam conhecidos no outro lado do mundo.

Vocês foram influenciados alguma vez pelo Brasil na carreira?

Noda: Ainda não conhecemos sobre o Brasil, mas espero aprender muito do Brasil indo para aí desta vez. Olhando as principais classificações no YouTube, há uma quantidade incrível de música latino-americana, e acho que deve ter muitos artistas incrivelmente populares e legais que simplesmente só não conhecemos. Vou estudá-los!

Por favor, conte-nos seu entusiasmo com a apresentação e uma mensagem para seus fãs brasileiros.

Kuwabara: Estamos trabalhando duro agora para nos prepararmos, então, por favor, aguardem ansiosamente.

Takeda: Estou realmente ansioso para poder fazer essa turnê no Brasil que estamos conhecendo pela primeira vez.

Noda: O Brasil será uma experiência desconhecida e eu realmente não consigo imaginar que momento incrível será, então estou realmente ansioso para finalmente ir para o Brasil. Vamos ir para o Brasil e dar tudo de nós.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img