Em preparação para ‘Golden Week’, Japão planeja fim dos controles sanitários para recepção de turistas


Aeroportos mais tranquilos: medidas sanitárias deixam desembarques no Japão mais tranquilos

O Japão está em fase final de estudos para antecipar o levantamento de suas atuais medidas de controle de fronteira da COVID-19 para sábado (29), antecipando um aumento de viajantes estrangeiros durante os feriados da “Golden Week”, segundo fontes do governo.

O governo havia planejado originalmente encerrar as medidas de fronteira em 8 de maio, mesmo dia em que o status legal do novo coronavírus será rebaixado para doenças infecciosas comuns, como a gripe sazonal. Mas coincide com o fim das férias a partir deste fim de semana.

Atualmente, todos os participantes são obrigados a apresentar certificação de pelo menos três doses de vacinação contra a COVID-19 ou um teste de coronavírus negativo feito até 72 horas antes da partida.

Embora agora se espere que a exigência seja retirada a partir da meia-noite de sexta-feira, o governo planeja introduzir um sistema de teste voluntário direcionado a participantes com sintomas como febre em cinco aeroportos, com o objetivo de detectar novas doenças infecciosas.

Após a reclassificação, espera-se que os pacientes com COVID-19 que precisam ser internados também sejam aceitos em cerca de 8.400 instalações médicas, incluindo 90% dos hospitais, para garantir que o sistema de saúde possa atender a um número maior de pacientes do que durante o surto de Omicron, disseram as fontes.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img