Edu Falaschi revela como foi gravar a abertura de Cavaleiros do Zodíaco

O cantor e compositor Edu Falaschi revelou ao podcast Inteligência Limitada em como foi gravar a versão brasileira de Pegasus Fantasy. Conhecido por ter sido vocalista do Angra, Edu Falaschi explicou que acabou gravando uma única vez as músicas de Cavaleiros do Zodíaco nos estúdios de dublagem da Álamo e foi surpreendido ao assistir na Cartoon Network e descobrir que foram utilizadas sem nenhum tratamento na gravação.

Sendo um dos animês mais populares da década de 1990, o animê recebeu uma nova redublagem no início de 2000 com praticamente o mesmo elenco, mas trazendo as aberturas e encerramentos japoneses, desta vez traduzidos para português.

Atingindo sucesso além dos fãs da animação, Edu Falaschi ainda compartilhou o episódio de terem pedido para cantar a música no Rock in Rio. Tal pedido foi muito comum na época em diversos shows do Angra, o que fez com que o cantor fosse chamado para eventos de animê e mangá, como o Anime Friends.

O sucesso de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil é um dos poucos casos que até hoje repercute em vendas e lançamentos especiais para o público que cresceu com a obra. Sendo uma obra que até hoje ganha relançamentos e a vinda de títulos spin off baseadas no mesmo universo de Cavaleiros do Zodíaco.

Em 2024, o autor japonês Masami Kurumada comemora 50 anos de carreira e uma nova edição em mangá da obra será lançada por aqui pela Editora JBC, chamada de Final Edition. Em tempo, a série segue em exibição na televisão brasileira pela Warner Channel, junto de Dragon Ball Z, trazendo inclusive a abertura cantada pelo Edu Falaschi.

Logo comemorativo de 50 anos de carreira do Masami Kurumada em 2024 – Divulgação
spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img