Capital Nacional do Morango, Atibaia espera mais de 100 mil pessoas de 01 a 24 de setembro

Festa de Flores e Morangos de Atibaia chega a sua 41ª edição de 01 a 24 de setembro esperando mais de 100 mil visitantes

De 01 a 24 de setembro, Atibaia – a Capital Nacional do Morango –, em São Paulo, receberá, no Parque Municipal Edmundo Zanoni, a 41ª edição da Festa de Flores e Morangos. Realizado pela Associação Hortolândia de Atibaia com apoio da Prefeitura Municipal de Atibaia, a Festa de Flores e Morangos de Atibaia é considerada o quarto maior evento do Estado de São Paulo e tem como objetivo mostrar o potencial da região para o agronegócio – com destaque para a produção de flores e morangos – além de preservar e divulgar a cultura japonesa (e também apresentar as manifestações artísticas de outras nacionalidades).

Este ano, o Pavilhão de Exposição – uma das principais atrações da festa – apresenta como tema a “paz”. Evento que celebra a chegada da primavera – para muitos a estação mais aguardada do ano – a Festa de Flores e Morangos também será sede do principal evento técnico-científico da cadeia produtiva do morango, o Simpósio Nacional do Morango, que chega à sua 10ª edição este ano. É a primeira vez que o Estado de São Paulo recebe o evento, que reunirá atividades, tecnologias e expositores relacionados ao cultivo do morango.

Voltado a produtores, técnicos, estudantes, professores, pesquisadores e representantes dos variados segmentos da cadeia produtiva da fruta, o Simpósio Nacional do Morango contará com conferência, painéis e mesas redondas, além de um dia de campo e seu encerramento será no dia 22 de setembro, uma sexta-feira, dentro da festa.

A realização do simpósio é da Prefeitura da Estância de Atibaia, por meio da Secretaria de Agricultura, e da Associação dos Produtores de Morangos e Hortifrutigranjeiros de Atibaia, Jarinu e Região, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). 

“Participam pessoas do Brasil inteiro. E Atibaia hoje é um case de sucesso nessa questão de boas práticas de cultivo do morango”, comemora o prefeito de Atibaia, Emil Ono, que destaca a força dos produtores do município.

Nelson Yoshida, prefeito e a primeira dama, Tamy, com o cônsul, que visitou a feira em 2022

Reconhecimento – “Atibaia conquistou o título de Capital Nacional do Morango em reconhecimento ao trabalho que o produtor desenvolve na cidade de Atibaia, mas eu acho que também sela a parceria que o município tem com o produtor rural. Afinal de contas a gente tem um viveiro onde são produzidas mudas de flores e de morangos, além das mudas de árvores nativas, e que depois são distribuídas de maneira gratuita. Além disso, a gente tem também maquinários que acabam auxiliando o pequeno produtor que não tem condição de adquirir equipamentos”, explica o prefeito.

Para o presidente da Associação Hortolândia de Atibaia, Nelson Yoshida, o título é uma conquista da história da produção do morango em Atibaia. 

Morango branco, que em breve deve estar no mercado

Pioneiro – “Ou seja, não é pela alta produção, mas pelo trabalho que já vem sendo realizado em Atibaia há muitas décadas. A história da busca de novas tecnologias de manejos, como o plástico preto. Toda tecnologia usada hoje na produção do morango partiu de Atibaia. Isso é um reconhecimento”, diz Yoshida, lembrando que o município também foi o primeiro no Brasil a receber a certificação da PIMO – Produção Integrada de Morango – processo que objetiva racionalizar o uso de agrotóxicos, estimular o equilíbrio do ecossistema e manter a qualidade e a segurança dos produtos.

Nelson Yoshida lembra ainda que Atibaia conta com mais mais de 400 produtores de flores e morangos em Atibaia. Segundo ele, o município é responsável por cerca de 25% da produção nacional de flores. “Nosso grande diferencial é a diversidade. Atibaia produz desde plantas de jardins até orquídeas. O que leva Atibaia a responder por um quarto de toda produção nacional é nossa diversidade, que é muito grande”, destaca Yoshida, explicando que a maioria dos produtores é formada por pequenos e médios produtores e um leque muito grande de produção. 

Grupo Raízes de Atibaia, divulgando a música caipira paulista

Parcerias – Já em relação ao morango, Nelson Yoshida calcula que hoje Atibaia tem 3 milhões de pés “com diferencial que a safra rende, em média, de 800 gramas a um quilo e se caracteriza pela alta produtividade devido às técnicas aplicadas. 

O Emil Ono lembra que a produção deste ano atrasou por causa do clima. “Estamos esperando a grande produção justamente para o período da festa”, diz o prefeito, que ressalta a parceria com a Embrapa em projetos como o “Programa de Revitalização da Cultura do Morango”. “A Prefeitura doou este ano mais de 200 mil mudas de morangos aos produtores locais com o intuito de incentivar a agricultura familiar e a agricultura de grande porte”, conta Emil Ono, acrescentando que a parceria também visa desenvolver novas variedades. Hoje, as principais variedades são camino real, camarosa, san andreas e crystal. 

Pastel, suco e merengue – E os visitantes poderão conferir a qualidade da fruta na Festa de Flores e Morangos de Atibaia em sua forma in natura ou como ingrediente principal em diversas receitas, como o famoso pastel de morango, em sucos, merengues, tortas, cupcakes, com suspiro e chantilly, espetinhos e sorvetes. Segundo Nelson Yoshida, são consumidas mais de 50 mil caixas da fruta durante a festa, que abrirá também no feriado de 7 de Setembro, uma quinta-feira.

Estrutura – “Temos uma estrutura montada para receber mais de 100 mil pessoas”, garante o presidente da Associação Hortolândia, que destaca o caráter filantrópico da festa – no dia 01 de setembro (sexta-feira), o ingresso para o evento será 1 kg de alimento não perecível para o Fundo Social de Solidariedade.

Os visitantes também poderão comprar mercadorias diretamente do produtor além de lembrancinhas no mini shopping e ainda desfrutar das atrações do próprio parque, que oferece passeios de pedalinho e playground para as crianças. 

Grupo Represa mostrará a dança típica de Tokushima

Atrações – Já a programação de palco terá atrações para todos os gostos. “Uma de nossas preocupações é dar ênfase à parte cultural, oferecendo oportunidades para grupos folclóricos das mais variadas nacionalidades, valorizando a cultura e costumes dos outros países, promovendo assim a integração com todos os povos”, explica Nelson Yoshida, afirmando que “todos se se sentem muito bem na Festa de Flores e Morangos”.

(Aldo Shiguti)

41º Festa de Flores e Morangos de Atibaia

Quando: De 01 a 24 de setembro (sextas, sábados e domingos e no feriado de 7 de Setembro)

Onde: Parque Edmundo Zanoni (Av. Horácio Netto,1030 – Vila Loanda – Atibaia)

Ingressos: R$ 44,00 (inteira) e R$ 22,00 (meia entrada e as sextas-feiras ). 

Meia entrada para estudantes (com carteirinha), idosos (acima de 60 anos), jovens cadastrados no Cadastro Único e portadores de necessidades especiais e um acompanhante pagam meia entrada

Dia 01/09, Campanha em prol do Fundo Social de Solidariedade de Atibaia. A entrada poderá ser a doação de 1 kilo de alimento (arroz, feijão e óleo). Não serão aceitas doações de alimentos a granel e em embalagens sem a data de validade e informações de fabricação.

Crianças de até 10 anos não pagam (necessário apresentar documento que comprove a idade)

Não é permitida entrada de animais no parque (lei muicipal)

WhatsApp: (11) 96570-6147

Telefone: 0800 055 5979

PROGRAMAÇÃO DE PALCO

DIA 02/09 (SÁBADO)

12H: Grupo Raízes do Catira (Regional)

13H: Grupo Sonnenblume (Alemanha)

14H: Taiko (Japão)

15H: Puro Country de Tuiuti (Regional)

16H: Grupo Kelly Obara (Árabe)

DIA 03/09 (DOMINGO)

11H: Bon Odori (Japão)

12H: Grupo Raízes de Atibaia (Regional)

13H: Grupo Lituanas Rambynas (Lituânia)

14H: Taiko (Japão)

15H: Grupo Awaodori (Japão)

16H: Isbá (Bielorússia)

DIA 07/09 (QUINTA)- FERIADO INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

12H: Filhas De Ísis (Árabe)

13H: Taiko (Japão)

14H: Taiko (Japão)

 15H: Frat. Cap. Mi Viejo San Simón (Bolívia)

16H: Grupo Volga (Rússia)

DIA 09/09 (SÁBADO)

12H: Banda Sinfônica de Atibaia (Regional)

13H: Aozora Daiko de Bragança (Japão)

14H: Taiko (Japão)

15H: Grupo Edelweiss (Alemanha)

16H: Grupo Nuaar (Árabe)

DIA 10/09 (DOMINGO)

11H: Bon Odori (Japão)

12H: Grupo Shinsei Acal (Japão)

13H: Grupo Jadran (Croácia)

14H: Taiko (Japão)

15H: Ryukyu Koku Matsuri Daiko (Japão)

16H: Santa Marta dos Navegantes (Portugal)

DIA 16/09 (SÁBADO)

12H: Kumamoto Melody Dance (Japão)

13H: Grupo Zorbás (Grécia)

14H: Taiko (Japão)

15H: Coppélia Ballet (Regional)

16H: Orq. De Viola de Atibaia (Regional)

DIA 17/09 (DOMINGO)

11H: Ctg Saudade do Sul Embu das Artes (Regional)

12H: Academia Corpus Line (Japão)

13H: Grupo Tirol (Áustria)

14H: Taiko (Japão)

15H: Grupo Tanzfreunde (Alemanha)

16H: Orq. de Viola Caipira De Bjp (Regional)

DIA 23/09 (SÁBADO)

12H: Orquestra Coc (Regional)

13H: Pandora (Árabe)

14H: Taiko (Japão)

15H: Grupo Allegreto (Regional)

16H: Fanfarra de Atibaia (Regional)

DIA 24/09 (DOMINGO)

11H: Bon Odori (Japão)

12H: Grupo Ishin Yosakoi Soran (Japão)

13H: Companhia Balalayka (Rússia)

14H: Taiko (Japão)

15H: Grupo Kagura (Japão)

16H: Kantuta Bolívia (Bolívia)

*Programação sujeita a alteração sem aviso prévio

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img