Brasileiro Sérgio Echigo é indicado ao Hall da Fama do Futebol Japonês

Essa semana, a JFA, associação japonesa de futebol anunciou a sua 19ª adição do Hall da Fama do futebol japonês anunciando os indicados deste ano. Entre os indicados, temos o brasileiro Sérgio Echigo pelos serviços prestados ao futebol japonês. Entre outras indicações, foram indicados: Hideo Osawa, Kuniya Daini, Yoichi Takahashi (criador do mangá Captain Tsubasa) e integrantes do time de futebol feminino japonês de 2011.

Criado em 2005, o Hall da Fama do Futebol Japonês foi criado para premiar todo aquele que contribuiu para o futebol japonês ao longo de sua vida. Para cada indicação, a JFA explica o motivo de estar indicando aquele profissional a premiação.

Na TV Tokyo – Divulgação

Texto oficial da JFA sobre Sérgio Echigo:

“Nascido e criado em São Paulo, Brasil, jogou em clubes de prestígio como o Corinthians. Veio para o Japão em 1972 e pertenceu ao Towa Real Estate Soccer Club (atual Shonan Bellmare), tornando-se o primeiro ex-jogador profissional da Japan Soccer League (JSL).

Depois de se aposentar, ele treinou Eitai Sangyo na JSL 1ª divisão. Desde 1978, ele viajou por todo o Japão como técnico da “Sawayaka Soccer School” e ensinou mais de 500.000 meninos e meninas mais de 1.000 vezes em 25 anos.

Existem muitas pessoas que inspiraram meninos e meninas a mostrar suas técnicas de bola desenvolvidas no Brasil e que se tornaram jogadores da J.League e jogadores da seleção japonesa. Ele plantou as sementes do futebol em todo o país e contribuiu muito para o desenvolvimento do futebol japonês. Também é membro ativo do comitê de fortalecimento da Associação Japonesa de Futebol (atualmente membro do comitê técnico).

Atualmente, como comentarista de futebol, além de falar como gosta de futebol, ele também é conhecido como um comentarista duro que fala dos problemas de um ponto de vista técnico.

Além disso, ele está trabalhando duro para promover outros esportes além do futebol, como membro do conselho do clube profissional de hóquei no gelo HC Tochigi Nikko Ice Bucks e da Japan Amputee Football Association.

Recebeu o Prêmio de Conquista do Esporte ao Longo da Vida do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia em 2006, a Comenda do Ministro das Relações Exteriores em 2013 e a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata em 2017.”

A cerimônia de posse do 19º Hall da Fama do Futebol Japonês será no dia 10 de setembro.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img