Associação Nikkei do Rio de Janeiro realiza tradicional Tanabata Matsuri

Apresentação de taikô arrancou muitos aplausos dos convidados presentes no Tanabata Matsuri da Associação Nikkei do Rio

A Associação Nikkei do Rio de Janeiro realizou, no último dia 8, em sua sede, o seu tradicional Tanabata Matsuri. O presidente da associação, Kenhitiro Kurihara, recebeu, entre seus numerosos convidados, o cônsul geral do Japão no Rio de Janeiro, Ken Hashiba; a cônsul cultural Rina Ishikawa e seu marido, Noriyuki Ishikawa; vereador Pedro Duarte; Bruno Kazuhiro, subsecretário de Turismo do Município do Rio de Janeiro, general Riyuzo Ikeda e esposa Solange Maria Ikeda; Sergio Yamagata, diretor da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) e filha Mayumi Yamagata. Estiveram presentes Hiroyuki Makita, ex-presidente da Rio Nikkei, e familia.

No palco do grande salão, os alunos da Escola Japonesa do Rio de Janeiro apresentaram suas peças em língua japonesa. Em seguida o cantor Noboru Fujita arrancou aplausos; e ao final do Tanabata, animou o Bon Odori junto à professora de Odori da Rio Nikkei, Lilian Eiko Sinohara. Também foram muito aplaudidos o grupo de taiko Rio Nikkei Taiko – que está completando duas décadas neste ano – e o Coral Rio Nikkei, regido pela maestrina Jorgina Martins, encantou com canções japonesas. A regente, soprano no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, presenteou com número individual.

A Lenda de Tanabata foi contada pelos coordenadores do evento Shirley Yurica Atsumi e Heitor Hisashi Sato, respectivamente vice-presidente e conselheiro da Rio Nikkei.

Walter Yoshida, conselheiro da Rio Nikkei e apresentador do Tanabata, sorteou inúmeros brindes. Leonardo Seiichi Sasada Sato, diretor de eventos, explicou sobre Kendô durante atuação de praticantes; a plateia vibrou com a pequena participação de sua filhinha Ayumi.

O sumô da Rio Nikkei, único no Estado do Rio de Janeiro, foi alvo de interesse quando foi demonstrado pelo incentivador Daniel Macedo Guedes com Mario Nakayama e Leonardo Lens.

Momento esperado, o Desfile de Kimono aprimorou conhecimentos sobre vestes japonesas com a professora Yo Matsudaira. A Dança das Estrelas, produção cultural de Samuel Rosmaninho, dança contemporânea inspirada na lenda do Tababata e Butoh, foi realizada pelos  dançarinos Janaina e Leno.

Entre muitos prêmios e brindes da atração numérica realizada pelo Rio Nikkei Taiko, o quadro de Shodô doado pelo autor Rubem Nemitz saiu para o felizardo Leonardo Lens, sumotori Rio Nikkei.

Os pedidos e desejos escritos nos “tanzaku” foram queimados após o festival para que possam chegar ao céu e assim serem atendidos.

(Texto e fotos de Teruko Okagawa Monteiro)

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img