Assassinato brutal de empresário pode estar ligado à máfia japonesa Yakuza

Um homem de 50 anos, que se acredita ser o dono de uma loja de macarrão ramen em Kobe, no oeste do Japão, foi aparentemente morto a tiros no sábado, disse a polícia, que está investigando o caso como assassinato.

Uma funcionária da loja o encontrou caído no chão da cozinha, sangrando pela boca e pelo nariz, e chamou uma ambulância por volta das 11h. Ele foi declarado morto em um hospital.

Segundo a polícia, uma tomografia computadorizada revelou o que parece ser uma bala alojada na cabeça do homem. Fontes investigativas disseram que o homem pode estar ligado a um sindicato do crime yakuza e a uma rixa entre gangues rivais.

Não havia clientes na loja de ramen em Nagata Ward de Kobe no momento do incidente.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img