Aposentadoria: Toyota Camry sai de cena após 43 anos de mercado

Icônico em diversos países, símbolo de personalidade e “carro-chefe” da Toyota por anos a fio, o sedã Camry será descontinuado, após mais de quatro décadas rodando por estradas ao redor do mundo.

Mais do que apenas um carro, o veículo está na preferência de consumidores tanto no oriente quanto no ocidente: foi o mais vendido da categoria no concorrido mercado americano 2022, com quase 300.000 unidades comercializadas. No ranking geral, o japonês entra no top 5 de vendas, superado apenas por 3 picapes e um SUV. 

Assim como ocorre com muitos esportistas, o Camry sairá de cena ainda neste ano e no “auge da carreira”. O anúncio foi feito pela própria Toyota, que descontinuará o modelo, primeiramente, no mercado automotivo japonês.

A Toyota não anunciou se também encerrará as vendas nos EUA e em outros países, mas a montadora informou que continuará exportando o sedã para mercados internacionais. Mas essa decisão ousada de cortar o icônico sedã Camry com certeza vem como uma batida no que pode acontecer com o Camry nos Estados Unidos.

Sinônimo de confiança e durabilidade – O Toyota Camry é um dos sedãs mais populares do mundo, sendo considerado como carro ultraconfiável e seguro. Além disso, os mercados automotivos do leste e sudeste da Ásia também veem o Camry como um veículo executivo sofisticado e um símbolo de status.

A Toyota posicionou o Camry como seu carro-chefe em territórios onde o Crown não é vendido. O modelo 2023 está repleto de recursos padrão , incluindo um interior espaçoso, sistema de infoentretenimento responsivo e o Toyota Safety Sense 2.5+.

A montadora japonesa já vendeu mais de 21 milhões de unidades do Camry globalmente. Só no mercado americano, foram nada menos do que 13 milhões de unidades – mais da metade da produção global total do modelo, desde sua estreia no país em 1983.

Isso o torna um dos 10 veículos mais vendidos nos Estados Unidos de todos os tempos. A Toyota vendeu consistentemente mais de 200.000 unidades do Camry anualmente nos Estados Unidos desde 1988. Mas não foi tão popular no mercado japonês.

Desde sua estreia em 1980, a Toyota vendeu 1,3 milhão de unidades no Japão – uma pequena fração do total de vendas globais. Mas, apesar do sucesso inicial do Camry no mercado automobilístico japonês, as vendas do sedã caíram acentuadamente nos últimos anos. A Toyota teria vendido menos de 6.000 Camrys no Japão em 2022.

spot_img

Relacionados

Destaques da Redação

spot_img